Luiz M. Calegari

Cada Click é um Mundo

Get Adobe Flash player

As Paisagens da TerraAprendizagem 4

 

Grandes edifícios, trânsito de pedestres e veículos, poluição sonora, visual e principalmente do ar, são os componentes das paisagens urbanas. Neste local o clima difere consideravelmente do ambiente natural, pois existe uma maior concentração de poluentes, o que pode provocar diversas doenças à população. Em cada cidade há uma paisagem característica, temos as paisagens das grandes e pequenas cidades. Já na paisagem rural este problema não existe, embora as paisagens rurais também são bastante diferentes entre si e, por conterem maior número de áreas verdes bem arborizadas, as árvores conseguem sequestrar carbono e liberar maior quantidade de oxigênio na atmosfera. Mas além desses fatores, existem outras diferenças entre essas paisagens.

Na paisagem urbana, com o crescimento populacional das cidades e a falta de um planejamento urbano, a construção de edifícios foi a solução para abrigar o maior número de pessoas pelos centros urbanos. Porém, isso trouxe consequências não tão agradáveis. Grande número de árvores foram derrubadas para dar lugar aos prédios e residências.

 

Entretanto, projetos de revitalização e planejamento urbano têm sido trabalhados nessas regiões para conseguir harmonizar o espaço entre as pessoas e os elementos da natureza os quais auxiliam no bem-estar da população. Na paisagem urbana existem muitos benefícios proporcionados pela arborização, como a sombra, proteção contra os ventos, absorção de raios solares, da poluição atmosférica.

 

Uma das alternativas para valorizar a paisagem urbana é o plantio de árvores e a inserção de figuras da paisagem rural como pequenas vegetações, parques, lagos, os quais aproximam as pessoas da realidade já encontrada nos sítios e áreas verdes onde a paisagem rural impera.

 

Na paisagem rural, também encontrada nas grandes cidades, é comum observar as unidades que lembram áreas verdes com um grande número de espécies de plantas nativas da Mata Atlântica como ipê, carvalho, jabuticabeira. Portanto, existem muitas diferenças entre a paisagem das cidades e a paisagem que lembra o campo, mas já é possível perceber que esses componentes da paisagem rural são necessários para harmonizar a vida nos grandes centros urbanos.

 

O Filme, Tinfou:de frente para o deserto, um oásis no Saara: Uma cadeia de montanhas, um oásis e um vilarejo contrastam com a imagem árida do Saara. As atividades econômicas locais e a preocupação em conter o avanço das dunas de areia.  Os ancestrais daquela população eram nômades, mas agora, com as atividades agrícolas ali desenvolvidas não dá para andarem de um lado para outro com os camelos. As Tamareiras foram plantadas, também para conter o avanço da areia do deserto, é um trabalho constante para não deixarem a areia tomar conta da aldeia, mesmo assim, as vezes esse trabalho fica maior, pois as tempestades de areia são freqüentes, e elas costuma mudar de lugar, dunas inteiras.

 

O Segundo Filme Sugerido no caderno do aluno-Sounbel: no coração da savana: ( Senegal – África ).A descrição da paisagem africana revela atividades agropecuárias da região, onde os agricultores tentam contornar o problema da seca. Aqui a agricultura é familiar, destinada à população e aos animais que vivem na aldeia, os de estimação, os de trabalho e aqueles usados também na alimentação. A chuva é escassa, em alguns anos diminui para menos da metade e assim as plantações, os animais e a população sofre. Sounbel tem uma dezena de choupanas e 33 habitantes, eles não tem nenhum tipo de máquina, ali tudo é feito a mão, para amassar o milho, utilizam o pilão, geralmente em duas pessoas socando de forma alternada, além da força física tem a poeira que desprende dos grãos. O milho é o principal alimento plantado, as vezes compram pães para comer, mas isso não é uma constante.

 

Observamos até agora que os diversos biomas terrestres são apropriados de formas diferentes pelas sociedades humanas, principalmente no caso das comunidades tradicionais.

 

O que nós aprendemos neste capítulo é:  eu aprendi que os elementos que compõem a paisagem não são fixos e nem imutáveis, pois com a intervenção do homem e da natureza eles são alterados, modificados ao longo dos anos ou milênios.

 

Que os elementos construídos pelo homem fazem parte da paisagem, dizemos que a paisagem se tornou humanizada, que é uma paisagem com elementos sociais.

 

Aprendi também que os elementos da paisagem não se transformam com a mesma velocidade, nem os naturais e nem os sociais, cada um tem o seu tempo que é determinado pela natureza ou pela força dos homens.

 

Quando o homem constrói um elemento social, mesmo transformando o elemento natural, ainda assim, os elementos naturais não são totalmente transformados e ficam também fazendo parte da paisagem.

 

Que o home transforma a paisagem, mas não totalmente, o homem deixa a paisagem humanizada em virtude dos elementos por ele construídos ou transformados.

 

Considerar que as paisagens são formadas por objetos naturais e por objetos construídos pelos homens; que seus elementos são dinâmicos, mas não se transformam com a mesma velocidade. Na maior parte dos casos, os objetos construídos pelos homens se transformam mais rapidamente que os objetos naturais, e fazem parte da paisagem.

 

A intervenção das sociedades transforma as paisagens, humanizando- as. Entretanto, mesmo em uma área intensamente modificada (como as metrópoles, por exemplo), os objetos naturais permanecem como parte das paisagens.

 

Se aprendeu mesmo RESPONDA:

1.-Qual das afirmativas a seguir é verdadeira?

a)-Os elementos que compõem as paisagens são fixos, isto é, nunca são transformados.

b)-Os objetos construídos pelo homem fazem parte das paisagens.

c)-Todos os elementos de uma paisagem se transformam com a mesma velocidade.

 

2.-Sobre a intervenção humana na superfície da Terra, assinale verdadeiro (V) ou falso (F):

a)-Elimina completamente os objetos naturais. ( )

b)-Transforma intensamente as paisagens. ( )

c)-Torna as paisagens mais humanizadas. ( )

Login